skip to Main Content
21 3503-8333 / 3503-8300 comercial@vitalsaudeocupacional.com.br

Gestão em Medicina Ocupacional

Monitoramos a saúde dos seus colaboradores

Saúde Ocupacional é um a área pertencente ao SESMT (Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho) com foco na prevenção e promoção da saúde do trabalhador.

A Saúde Ocupacional tem como objetivo monitorar a saúde do trabalhador através da avaliação e controle dos riscos à saúde, a diminuição do presenteísmo, absenteísmo e evitar o aparecimento de doenças.

Nossos principais serviços:

É o Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional, expedido pela NR 07 da Lei nº 6.514, de 22 de dezembro de 1977, visa à saúde do trabalhador. A elaboração do programa só é possível através das informações contidas no programa de reconhecimento ambiental, podendo-se ter como base o PPRA (NR 09), PCMAT (NR 18) ou PGR (NR 22).

O PCMSO é parte integrante de um conjunto mais amplo de iniciativas da empresa no campo da saúde dos trabalhadores, devendo estar articulado com o disposto nas demais NR.

O PCMSO deverá considerar as questões incidentes sobre o indivíduo e a coletividade de trabalhadores, privilegiando o instrumental clínico-epidemiológico na abordagem da relação entre sua saúde e o trabalho.

O PCMSO deve incluir, entre outros, a realização obrigatória dos exames médicos ocupacionais e em alguns casos, exames complementares, conforme determina a legislação vigente e o Médico Coordenador.

  • Admissional: Realizado antes que o trabalhador assuma as atividades;
  • Periódico: Realizados a cada ano ou a intervalos menores ou maiores, a critério do médico coordenador, ou se notificado pelo médico agente da inspeção do trabalho, ou, ainda, como resultado de negociação coletiva de trabalho;
  • Retorno ao Trabalho:Realizada obrigatoriamente no primeiro dia da volta ao trabalho de colaboradores ausentes por período igual ou superior a 15 (Quinze) dias por motivo de doença ou acidente, de natureza ocupacional ou não, ou parto.
  • Mudança de função:Realizado quando o Risco da função atual é diferente do Risco da função pretendida.
  • Demissional: Realizado até a data da homologação, desde que o último exame médico ocupacional esteja fora da validade.

Levantamento estatístico dos principais indicadores de saúde verificados durante o exame clínico ocupacional (percentual de portadores de diabetes, percentual de hipertensos, IMC, percentual de tabagistas…) visando a diminuição do turnover e do presenteísmo, aumento da produtividade e melhora do clima organizacional.

  • Dengue;
  • LER/DORT;
  • Etilismo;
  • HAS;
  • Tabagismo;
  • Stress;
  • Hepatites;
  • Primeiros Socorros;
  • Gripe;
  • Outubro Rosa, câncer de mama;
  • Novembro Azul, câncer de próstata;
  • HIV/AIDS;
  • entre outros.

O cliente também pode solicitar outros temas. As palestras são realizadas via Skype (dependendo do tema) ou presencial. São ministradas por um profissional de saúde capacitado, atualizado quanto ao tema.

Oferecemos todos os treinamentos de saúde (ex.: primeiros socorros, apenas presencial). Os treinamentos são ministrados por um profissional de saúde capacitado, atualizado quanto ao tema.

Levantamento estatístico dos principais tipos de afastamentos dentro de uma empresa (perfil dos afastamentos, quantidade de dias de afastamento…) visando diminuir o absenteísmo, atuar diretamente nas causas, melhora do clima organizacional e aumento da produtividade;

O propósito do PROGRAMA DE PROTEÇÃO RESPIRATÓRIA (PPR) é proporcionar o controle de doenças ocupacionais provocadas pela inalação de poeiras, aerodispersóides, radionuclídeos, neblina, fumos, névoas, fumaças, gases e vapores.

O PPR é um conjunto de medidas práticas e administrativas que devem ser adotadas por toda empresa onde for necessário o uso de respirador, obrigatório desde 15/08/1994.

Além disso, faz se necessária recomendações para elaboração, implantação e administração de um programa de como selecionar e usar corretamente os equipamentos de proteção respiratória.

A Portaria número 1 de 11 de Abril de 1994, emitida pelo Ministério do Trabalho, cujo conteúdo estabelece um regulamento técnico sobre uso de equipamentos de proteção respiratória, determina que todo empregador deverá adotar um conjunto de medidas com a finalidade de adequar a utilização de equipamentos de proteção respiratória – EPR, quando necessário, para complementar as medidas de proteção eletivas implementadas, ou com a finalidade de garantir uma completa proteção ao trabalhador contra os riscos existentes nos ambientes de trabalho.

O Programa de Gerenciamento de Riscos (PGR) tem como principal objetivo prevenir a ocorrência de acidentes ambientais que possam colocar em risco a integridade física dos trabalhadores, bem como a segurança da população e o meio ambiente.

Assim, para a sua efetividade, o PGR deverá ser estruturado contemplando todas as ações necessárias para a prevenção de acidentes ambientais, bem como para a minização de eventuais impactos caso ocorram situações anormais.

Internacionalmente, o termo gerenciamento de riscos é utilizado para caracterizar o processo de identificação, avaliação e controle de riscos. Assim, de modo geral, o gerenciamento de riscos pode ser definido como sendo a formulação e a implantação de medidas e procedimentos, técnicos e administrativos, que têm por objetivo prevenir, reduzir e controlar os riscos, bem como manter uma instalação operando dentro de padrões de segurança considerados toleráveis ao longo de sua vida útil.

Solicite um orçamento
Escolha o método de atendimento que preferir

*Todos os campos são obrigatórios

Para iniciar uma conversa com um de nossos especialistas, clique no botão abaixo.

Iniciar Chat

Back To Top
×